Quais são os erros na implementação da LGPD e como evitá-los?

4 minutos para ler

O acesso a dados valiosos sobre o público é uma forma extremamente eficiente para direcionar os esforços e alcançar resultados melhores. Por um lado, temos empresas lidando com grandes volumes de dados para potencializar suas estratégias e elevar sua lucratividade.

Ao mesmo tempo, temos uma infinidade de informações pessoais circulando em bancos de dados. Por isso, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) foi desenvolvida para estabelecer regras sobre a coleta, tratamento, análise e armazenamento dessas informações como forma de trazer mais proteção e segurança para as pessoas.

Neste texto, vamos apresentar a importância de se adequar a essa lei e quais são os principais erros na implementação da LGPD. Confira!

Por que se adequar a Lei Geral de Proteção de Dados?

Primeiro, devemos enxergar a LGPD como um ponto crucial em relação à proteção das informações dos usuários. Os avanços tecnológicos trazem incríveis benefícios para as empresas, como a automação de processos e a computação em nuvem. Porém, a digitalização também proporciona sérios riscos se não houver investimento em segurança de dados.

Inicialmente a Lei visa a transparência sobre o uso de dados pessoais por parte das empresas. Nesse sentido, também é necessário estabelecer regras claras sobre todo o processo de coleta e tratamento dessas informações, além do fortalecimento de toda a infraestrutura de segurança e proteção das organizações.

A não adequação à Lei pode trazer uma série de punições que vão variar de acordo com a gravidade da situação. Em casos mais leves, a empresa receberá advertências com determinação de medidas corretivas. Nos cenários mais graves, as organizações estão sujeitas às multas — que podem chegar a valores milionários.

Quais são os principais erros?

Agora que você viu a importância da Lei Geral de Proteção de Dados, é preciso entender como realizá-la corretamente na empresa. Confira os principais erros na implementação da LGPD e aprenda a evitá-los!

Direcionar a atenção apenas à parte técnica

Um ponto que muitas empresas pecam na hora de se adequar à LGDP é direcionar o foco apenas às partes técnicas. Achar que o seu setor de TI sozinho será capaz de implementar as medidas necessárias é um grande erro e deve ser evitado a todo custo.

A adequação envolve não só apenas as tecnologias, como também as pessoas que fazem parte do processo. Por isso, é preciso envolver toda a empresa e desenvolver uma cultura organizacional voltada às novas medidas como meio de assegurar a eficiência das novas práticas.

Não investir em gestão de identidades

Uma das principais origens dos vazamentos de dados ocorre internamente nas empresas. Mesmo que esse problema não seja causado de forma proposital, ele pode ser bastante frequente caso não seja controlado.

A gestão de identidades é um processo extremamente importante para definir os critérios de acesso e o nível de permissão que cada colaborador tem. Com isso, a empresa terá mais controle sobre quem manipulará os dados e atribuirá essa função apenas para pessoas capacitadas e de confiança.

Não dar a devida importância à LGPD

É inegável que existam empresas que não levam a sério as medidas impostas pela LGPD. Essa falta de preparo e consciência da Lei faz com que muitas organizações realizem uma péssima adaptação em seus modelos de negócio. A falta de preparo e comprometimento é um erro extremamente prejudicial para esse processo.

Uma adaptação falha pode fazer com que os esforços em relação à adequação sejam em vão. Por isso, é extremamente importante que a liderança considere a importância e necessidade de se adaptar à Lei e como isso impactará em seus resultados futuros.

Pronto! Esperamos que você tenha entendido como evitar os principais erros na implementação da LGPD! Lembre-se que para evitar essas falhas, é fundamental que os colaboradores participem de todo o processo de adequação.

Gostou deste texto? Aproveite o seu interesse pelo assunto e veja porque a inteligência de dados é fundamental para sua empresa!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This