A velocidade de conexão nas empresas é mais do que um luxo nos dias atuais. É uma necessidade, especialmente para negócios que dependem de agilidade na comunicação e que lidam com grandes distâncias. Por isso, é importante que a equipe de TI possa monitorar o tráfego de rede e que sempre busque soluções para torná-lo mais eficiente.

Com cada vez mais demanda e visando alto desempenho tecnológico, as equipes precisam acompanhar o desempenho de suas redes e encontrar seus pontos de falha, com o objetivo de corrigi-los.

Se você tem dificuldades com essa tarefa, não se preocupe. Separamos aqui alguns métodos para monitorar a sua rede e solucionar seus principais problemas. Acompanhe!

Quais as vantagens de monitorar o tráfego de rede?

Como já mencionado, monitorar o tráfego de rede vem sendo uma tarefa muito importante para os técnicos de TI atualmente, mas qual o motivo de tamanha cobrança?

É simples, essa medida apresenta diversas vantagens para a empresa, passando de um luxo para algo extremamente necessário.

Pensando nisso, apresentaremos a seguir 3 grandes vantagens do monitoramento de tráfego de rede. Acompanhe.

Ter uma visão geral sobre a quantidade de dados que é utilizada

Essa visão geral é importante para que a quantidade de dados usada seja igual à solicitada no serviço de rede, fazendo com que o plano pago não seja inadequado.

Portanto, descubra se você está gastando a mais ou a menos e tenha um melhor planejamento de dados com o monitoramento correto.

Resolver problemas na rede

Muitas vezes, é difícil analisar um problema que está ocorrendo na conexão. Por isso, é necessário um bom software para ajudar nessa tarefa.

Com programas de monitoramento de rede, essa atividade se tornará mais simples, visto que será possível analisar qual erro ou problema está ocorrendo e consertar isso.

Otimizar a rede

Toda rede tem áreas sobrecarregadas em seu sistema. Junto a elas, ainda temos os arquivos excessivamente grandes, que podem obstruí-la.

Com isso, é sempre necessário fazer uma análise e a compactação de arquivos para que a rede melhore seu desempenho, tornando-se mais rápida e diminuindo o risco de travamento.

Após ver as 3 principais vantagens do monitoramento, provavelmente você pode ter dúvidas sobre como utilizar essa estratégia. Pois bem, vamos logo ao que interessa.

Como monitorar o tráfego de rede?

Gráfico de disponibilidade

Com essa ferramenta, você pode monitorar em tempo real os momentos de inatividade da rede. Isso significa que, além de ver a banda disponível, você também poderá acompanhar picos de instabilidade e descobrir como evitá-los.

Gráfico de utilização

Essa métrica representa o percentual de banda que está em uso na sua rede a cada momento, seja para download ou upload. Por meio desses dados, é possível controlar a disponibilidade de rede e determinar quais acessos ganham prioridade com o passar do tempo. Também pode-se descobrir quando é necessário expandir sua banda.

Monitoramento de firewall

Parte do consumo de rede em uma empresa pode ser gerado por atividades irregulares, não destinadas ao trabalho. Para evitar que esse consumo interrompa outras tarefas de maior importância, é possível negar o espaço de banda que seria utilizado por meio do firewall da empresa.

ICMP

De forma resumida, o gráfico ICMP acompanha todos os pacotes de dados transmitidos na empresa, identificando onde ocorrem perdas. Isso ajuda a destacar gargalos no tráfego, dando um foco para sua equipe de TI encontrar a solução adequada.

PRTG

Essa ferramenta ajuda a analisar a quantidade de dados que está sendo usada e a achar problemas de conexão ou travamentos. Além disso, gera gráficos de desempenho.

Ela é de grande ajuda, tanto na hora de otimizar sua rede quanto no momento de corrigir os problemas que aparecerão. Isso porque o aplicativo gera um relatório com todas as soluções disponíveis para qualquer erro que vier a ocorrer.

Depois de aprender a monitorar o tráfego de rede, é possível que você se depare com alguns problemas, mas fique tranquilo, é possível solucionar a grande maioria deles de maneira simples, apenas utilizando as dicas a seguir.

Como solucionar os problemas de conexão?

Atualização de sistema

Vários dos problemas detectados pelo monitoramento do tráfego de rede podem ser consequência apenas da falta de atualização dos softwares, ou mesmo dos hardwares atuais.

O conflito entre versões antigas e recentes pode fazer com que o caminho dos dados se torne menos eficiente, diminuindo seu desempenho e prejudicando a segurança. Em geral, softwares desatualizados devem ser levados em consideração, pois costumam causar perda de produtividade.

Desduplicação de dados

Uma maneira de aumentar a velocidade de uma rede é diminuir a quantidade de informações transmitidas a cada segundo. Se a empresa está com perda de performance, isso pode ser consequência da maior quantidade de arquivos acumulados na lixeira, como informações duplicadas. Ao desduplicar o sistema, você poderá economizar parte da banda e obter maior performance.

Otimização de backup

Processos de backup geralmente são pesados para o sistema, o que pode sobrecarregar bastante o monitoramento do tráfego de rede. Se para cada arquivo armazenado é necessário gerar uma cópia, espera-se ao menos o dobro de atividade.

Não há uma fórmula para tornar o processo de backup mais ágil, apenas uma série de orientações. Por exemplo, limitar o número de backups armazenados, reservar uma porção limitada da rede ou fazer o processo uma vez por dia em momentos de menor atividade.

Com essas dicas, você já pode monitorar o tráfego de rede da sua empresa com mais eficácia! 

Qual software eu escolho?

Depois de ver tantas ferramentas para monitorar o tráfego de rede, é hora de escolher qual delas você vai utilizar para essa tarefa.

A fim de fazer essa escolha, é necessário analisar qual objetivo você pretende atingir ao utilizar uma ferramenta de monitoramento, como solucionar um problema presente na rede, aumentar seu desempenho ou verificar se a quantidade de dados é suficiente.

Visto isso, basta analisar a(s) ferramenta(s) que mais se encaixa(m) com o objetivo principal. Após, é recomendado fazer uma releitura dos softwares para que a escolha da ferramenta para monitoramento de tráfego seja a melhor possível.

Depois de ver tantas formas de identificar e resolver problemas de conexão com o monitoramento de tráfego de rede, você já está mais do que preparado para começar a utilizar essa tecnologia e optar pelo software ideal.

Para mais dicas que facilitem e melhorem cada vez mais seu trabalho e sua empresa, assine nossa newsletter e fique por dentro dos nosso próximos textos.