Saiba como estruturar um programa de inovação no setor de TI

4 minutos para ler

Seja qual for o setor, inovar é fundamental para que um negócio mantenha a sua relevância no mercado, se destacando competitivamente dos concorrentes, e proporcione uma experiência realmente cativante ao público. Nesse contexto, entender como estruturar um programa de inovação é essencial.

No entanto, para isso, é necessário desenvolver estratégias realmente eficientes para tornar a inovação um processo constante dentro da realidade do negócio. Isso deve acontecer em etapas, nas quais o trabalho colaborativo de todos, baseado em uma boa comunicação interna, é fundamental para que os resultados sejam alcançados.

Pensando na importância de um programa de inovação para as empresas, separamos alguns passos para você estruturar e implementar um bom plano no seu negócio. Confira!

Invista na capacitação

Como mencionamos, o trabalho colaborativo é fundamental para o sucesso de um programa de inovação. Os membros do seu time são justamente aqueles que mais conhecem os objetivos da empresa e como funcionam os seus processos de trabalho.

Pensando nisso, para inovar e se manter relevante, a capacitação dos colaboradores se torna uma peça central na hora de alcançar bons resultados.

Existem diferentes fluxos de informações usados para realizar esse processo, como cursos, workshops ou palestras. O engajamento também é muito importante para que os seus times entendam a importância da inovação e como ela pode impactar os resultados.

Além disso, você também pode favorecer a capacitação ao estimular os seus colaboradores para que busquem conhecimento de outras fontes, como documentários e livros.

Envolva os seus times

O envolvimento dos colaboradores no processo é muito importante para alinhar os resultados com os objetivos da empresa. Ao incluir as pessoas do seu setor de TI e das diferentes áreas da organização, é possível contar com perspectivas e habilidades distintas na hora de combinar novas ideias.

Portanto, é fundamental que os demais setores trabalhem em conjunto com o seu time de TI, favorecendo um panorama mais amplo sobre novas possibilidades.

Outra forma eficiente de potencializar os resultados é contar com níveis de senioridade, considerando a experiência dos colaboradores na hora de avaliar novos cenários. A ideia é ter uma avaliação mais completa tendo em vista os objetivos da empresa para, assim, criar um ambiente plural e aberto para a inovação.

Descentralize o processo de aprovação de ideias

Como estruturar um programa de inovação envolve os diferentes setores da empresa e não apenas a área de TI, você deve entender como a descentralização é fundamental para o sucesso dos seus esforços. Se todas as ideias desse processo fossem avaliadas por um único comitê, existiria uma grande chance de surgir um gargalo durante a aprovação das novas propostas.

Portanto, é necessário envolver as lideranças para trazer uma dinâmica mais flexível ao processo e evitar atrasos. Ao descentralizar a aprovação, seus times terão um retorno mais ágil sobre as ideias enviadas, possibilitando direcionar os seus esforços para alcançar resultados realmente eficientes para a empresa.

Busque valorizar e reconhecer as ideias dos colaboradores

A valorização de esforços dos colaboradores é uma prática bastante benéfica em diferentes níveis para as empresas. Ao oferecer feedbacks positivos quando for apropriado, você terá um meio muito eficiente de aumentar o engajamento e o desempenho dos times. Por isso, podemos afirmar que esse processo também é fundamental na hora de estruturar um programa de inovação.

Você pode destacar as propostas mais criativas em um mural para que os demais colaboradores se sintam motivados. Além disso, é possível recompensar aqueles que geraram ideias de valor para a empresa – por exemplo, oferecendo uma remuneração sobre os lucros que seus projetos trouxerem para o empreendimento.

Dessa forma, ficou claro como estruturar um programa de inovação é fundamental para seu negócio? Ao realizá-lo, você terá uma perspectiva mais criativa na hora de desenvolver e vender suas soluções ao público. No entanto, lembre-se: é fundamental que esse processo não fique restrito apenas à área de TI, mas sim envolva os demais setores da empresa.

Gostou das dicas? Siga-nos nas redes sociais – estamos no Facebook, Twitter e Youtube – para acompanhar mais conteúdos como este!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This