Saiba como ter maior competitividade para sua empresa em 2020 com investimento em infraestrutura de TI

6 minutos para ler

A cada ano, o mercado nos ilumina com tecnologias revolucionárias que prometem facilitar nossas vidas. O mesmo acontece no mundo corporativo, que conta com inúmeras ferramentas digitais para otimizar os processos mais vitais dentro das organizações.

Assim, o ano de 2020 já começa com várias oportunidades de investimento para acirrar a competitividade entre as empresas ­— além de uma importante mudança na lei para o tratamento de dados pessoais de clientes. Confira a seguir o que você precisa fazer este ano para deixar caprichar na sua infraestrutura de TI!

Lei Geral de Proteção de dados (LGPD)

Em plena era de compartilhamento acelerado de informações, não podemos ignorar o que a Lei Geral de Proteção de Dados nos prepara para 2020. Inspirada no Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) instituído na Europa, a nova lei brasileira tem o objetivo de proteger a privacidade dos cidadãos, ao regulamentar o tratamento de seus dados pessoais.

A partir de Agosto de 2020, tanto pessoas físicas como jurídicas já devem se adequar às novas normas. Por isso, vale a pena estudar a lei na íntegra para não cometer nenhum deslize sujeito a punições. Veja a seguir um resumo de seus principais tópicos:

A quem se aplica a LGPD

A nova lei se aplica a qualquer tipo de tratamento realizado em dados pessoais dentro do território nacional, independentemente de sua localização geográfica ou da origem de seu titular, desde que este se encontre no Brasil no momento da coleta. A legislação também inclui procedimentos realizados em meios digitais.

As exceções da lei

As normas aplicam-se a procedimentos cujos objetivos sejam a oferta de bens ou serviços. Dito isso, tratamentos para fins exclusivamente particulares, acadêmicos, jornalísticos, artísticos ou de interesse público não são contemplados pela LGPD.

As punições aplicáveis ao seu descumprimento

A LGPD determina nove tipos de punições para quem descumpri-la, observando-se as características de cada caso. Elas incluem advertência, multas simples e diárias, tornar pública a infração, bloqueio e eliminação dos dados, suspensão parcial do banco de dados e suspensão ou proibição das atividades de tratamento dos dados.

Segurança na estrutura de TI

Além do cuidado com os dados de seus consumidores, as empresas também devem se precaver com seus próprios dados particulares. Violações e até mesmo perdas decorrentes de falhas técnicas e manuseio inapropriado são um grande risco para a segurança dos negócios.

Nesse cenário, não existe outra alternativa viável: investir pesado em tecnologias adequadas de TI e manter boas práticas no tratamento dos dados. Empresas que operam em meios digitais precisam ter cuidados triplicados, já que os ataques estão crescendo globalmente e se tornando cada vez mais agressivos.

Um exemplo disso é o ransomware WannaCry, que sequestrou virtualmente computadores em cerca de 150 países em 2017, devido à falta de atualização dos sistemas operacionais das vítimas. Além disso, a pesquisa realizada em 2019 pela Fortinet, empresa especializada em segurança cibernética, revelou que o Brasil sofreu 15 bilhões de tentativas de ciberataques em um único trimestre.

Relacionamento com o cliente

Em um mercado altamente competitivo, cada diferencial é valioso para conquistar um lugar de destaque. Uma das apostas para 2020 nesse sentido é o investimento em ferramentas que otimizem o relacionamento entre clientes e empresas.

Esse assunto parece óbvio para alguns, mas a verdade é que muitas empresas ainda carecem de serviços voltados ao atendimento ao cliente. Além disso, o consumidor de hoje está mais exigente. Ele não quer apenas ser bem atendido, mas, sim, receber um tratamento excepcional que torne sua experiência única dentro daquela empresa.

Por isso, um dos recursos que vêm ganhando destaque são os CRMs — softwares de gestão de relacionamento com o cliente, que permitem a customização do atendimento oferecido ao consumidor para um maior índice de satisfação e, por consequência, sua fidelização.

Armazenamento na nuvem

Sem dúvidas, uma das maiores tecnologias do momento são as ferramentas baseadas em cloud computing — ou computação na nuvem. Em linhas gerais, esse termo se refere à entrega de serviços ou produtos sob demanda por meio da internet. Dessa forma, os recursos na nuvem ficam instalados nos provedores dos fornecedores, cabendo ao usuário apenas pagar pelo acesso a eles.

É impossível citar todos os benefícios da nuvem em tão pouco espaço. Veja, a seguir, os principais que eles oferecem.

Escalabilidade

A escalabilidade na nuvem tem a ver com a capacidade de um sistema de aumentar ou diminuir sua capacidade conforme as necessidades dos usuários. Como os serviços na nuvem são adquiridos por demanda, as empresas pagam apenas por aquilo que forem utilizar. Os planos podem ser alterados de acordo com as necessidades do negócio no momento.

Segurança

Grandes empresas como Netflix, Microsoft e Amazon utilizam serviços na nuvem. Dito isso, as maiores fornecedoras de soluções em cloud computing — como a própria Google — investem pesado nas mais altas tecnologias de segurança, pois a integridade dos dados de seus clientes é uma prioridade.

Eficiência na gestão

As aplicações na nuvem contam com a grande vantagem de automatizar várias atividades administrativas. Isso é especialmente útil para a redução de custos operacionais e aumento na eficiência da organização como um todo, pois funções maçantes e demoradas podem ser realizadas por softwares em questão de segundos.

Mobilidade nos negócios

Foi-se o tempo em que celulares e tablets eram apenas bens de entretenimento. Hoje em dia, os dispositivos móveis se tornaram importantes ferramentas corporativas, já que é possível fazer de tudo com eles de qualquer localidade. Por isso, empresas que buscam mais competitividade em 2020 precisam investir em mobilidade.

Os dispositivos móveis contribuem significativamente para a produtividade, pois permitem a interação entre as equipes muito além do ambiente de trabalho. Além disso, os aplicativos móveis executam tarefas do dia com mais rapidez, como marcação de reuniões, comunicados, compartilhamento de arquivos e muito mais.

Outra vantagem é a comodidade do consumidor, que muitas vezes costuma passar mais tempo do seu dia no celular do que no computador. Com isso, ele conta com um meio rápido — e sempre à disposição — para se relacionar com a sua marca.

A grande oferta em infraestrutura de TI traz consigo muita competitividade no mercado, porém isso significa ainda mais oportunidades para quem souber investir com inteligência. A Multiedro é a solução ideal para isso, pois somos uma empresa especializada na entrega de projetos corporativos baseados em nuvem. Nosso serviço é customizado para atender às demandas de cada cliente, garantindo sua produtividade e a segurança de seu negócio.

Agora, entre em contato conosco por meio de algum de nossos canais de atendimento. Nossa equipe estará pronta para tirar suas dúvidas e apresentar as melhores soluções para o seu projeto!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This