Machine learning na gestão de dados: saiba aqui como aplicar!

6 minutos para ler

O aprendizado de máquinas (machine learning) na gestão de dados é uma tendência em ascensão no mercado. Essa tecnologia, derivada da Inteligência Artificial, utiliza algoritmos que são capazes de aprender padrões de maneira totalmente independente. Não é à toa que ele vêm se destacando entre as empresas na atualidade.

O uso do aprendizado de máquinas é fundamental para alcançar resultados melhores e ter vantagem competitiva. Além disso, usado na gestão de dados, pode auxiliar a gestão a lidar com grandes volumes de informações e ampliar as oportunidades de negócio.

Neste texto, vamos explicar por que o machine learning é importante para sua gestão de dados, quais são seus benefícios e como você pode aplicá-lo em sua empresa. Confira!

Afinal, o que é machine learning?

A tradução literal de machine learning é “aprendizado de máquinas”, e é exatamente esse o significado do termo. Dessa forma, é uma tecnologia que faz parte da Inteligência Artificial e se refere à capacidade que algumas máquinas e softwares têm de aprender novos comportamentos e comandos.

Essa tecnologia é inovadora, uma vez que, na programação tradicional, as máquinas e softwares realizam apenas aquilo que é programado. Ou seja, elas só executam funções, mesmo que complexas, quando o código indica isso.

Porém, com machine learning, máquinas são capazes de aprender novas funcionalidades a partir do uso. Dessa forma, identificam padrões, descobrem respostas possíveis e aprendem novas técnicas a partir da experiência, semelhante ao aprendizado humano.

E gestão de dados, o que é?

Já a gestão de dados, por sua vez, é uma parte da administração que entende que os dados e informações são recursos valiosos para a empresa. Dessa forma, ela atua no armazenamento, na manipulação e no controle dos dados coletados, de forma a transformá-los em informações úteis para embasar a tomada de decisão do negócio.

Isso significa que a gestão de dados é a área responsável por identificar a melhor forma de usar as informações coletadas pela empresa. Além de determinar as fontes de coleta e armazenar os dados com segurança, ela também deve descobrir qual a melhor forma de utilizá-los, de acordo com o padrão das informações coletadas e as necessidades da organização.

Como aplicar o machine learning na gestão de dados?

Como você pode perceber, a gestão de dados é um processo complexo, mas estratégico, para a organização. Nesse aspecto, o machine learning pode se tornar uma ferramenta fundamental para otimizar a gestão de dados e trazer resultados melhores.

Isso porque as informações digitais não estruturadas, um tipo de dados bastante valioso para as organizações, pode gerar dificuldades para o empreendimento. Afinal, são bastante volumosas e têm diferentes formatos, o que desfavorece a análise.

Com o aprendizado de máquinas, é possível direcionar os algoritmos de forma que eles analisem e acessem os grandes volumes de dados e utilizem essas informações para desenvolver novos panoramas e soluções. Dessa forma, ele pode atuar, auxiliando na transformação desses dados não estruturados em informações úteis para a empresa.

Além disso, o machine learning também pode ser usado para automatizar uma série de tarefas e atividades dentro da organização, inclusive, no que se refere à coleta e análise dos mais diversos tipos de dados, estruturados ou não. Ele também é capaz de identificar riscos de segurança e, até mesmo, padrões de comportamento dos consumidores, de forma a auxiliar no direcionamento da estratégia da empresa.

Quais são os benefícios do machine learning para o negócio?

O machine learning traz grandes vantagens para os empreendimentos que adotam essa tecnologia. Quando aliado à gestão de dados, esses benefícios podem ser amplificados, gerando um diferencial competitivo para a organização.

Confira como essa tecnologia pode ser aplicada e os benefícios que isso pode trazer para a gestão de dados da sua empresa!

Melhora a prevenção e a detecção de fraudes

A preocupação com a segurança é um ponto extremamente importante para as empresas — ainda mais se considerarmos a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Por isso, lidar com grandes volumes de dados valiosos exige medidas drásticas para trazer mais proteção à integridade das informações.

O machine learning aplicado na gestão de dados é uma ótima maneira de detectar desvios e reduzir perdas por fraudes. A tecnologia é capaz de identificar riscos relacionados à segurança da informação dentro da empresa e, a partir disso, propor modelos comportamentais ideais.

Dessa forma, ele impede grande parte das interações não condizentes com os padrões analisados, que poderiam comprometer a proteção dos dados do negócio.

Facilita a gestão e análise de conteúdos

Há grandes quantidades de dados disponíveis para as empresas. Porém, lidar com altos volumes de informações ainda é um grande desafio enfrentado no mercado. A falta de uma solução capaz de coletar e analisar corretamente essas informações pode acabar prejudicando as novas oportunidades de negócio do empreendimento.

Com o machine learning, é possível simplificar toda a gestão e análise de dados. O aprendizado de máquinas consegue operar sem a intervenção humana no processo de reconhecimento de pessoas, produtos, imagens e símbolos, facilitando toda a estruturação de informações e trazendo resultados superiores.

Dessa forma, essa tecnologia permite a análise de um volume muito maior de dados, mesmo que eles sejam diversificados. O machine learning abre portas para que você seja capaz de aproveitar a grande quantidade de informações disponíveis, usando-as como insumos valiosos para a tomada de decisão no seu negócio.

Favorece as análises preditivas

A aplicação do machine learning na gestão de dados é fundamental para melhorar as análises preditivas. Como o seu algoritmo se aprimora de forma autônoma, com o passar do tempo, fica mais prático para ter um panorama mais amplo sobre diversos fatores.

A análise preditiva é capaz de identificar tendências externas, como o comportamento e a preferência dos clientes e o desempenho das empresas concorrentes. Além disso, ele permite realizar avaliações internas, como os níveis de produtividade e de segurança.

Com este artigo, você percebeu que o uso do machine learning na gestão de dados é fundamental para que a sua empresa crie um diferencial competitivo e se destaque no mercado. Além disso, você ainda pode automatizar uma série de atividades referentes a esse processo e, com isso, reduzir erros e custos da gestão da informação dentro do negócio. Comece a buscar meios eficientes de usar o machine learning na sua empresa!

Aproveite para curtir nossa página no Facebook e fique sempre por dentro das nossas novidades!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This