IaaS, PaaS e SaaS: entenda as diferenças entre eles

3 minutos para ler

Você sabe o que é IaaS, PaaS e SaaS e qual a diferença entre eles? Esses três termos, apesar de abordar práticas diferentes, compartilham o mesmo conceito: o cloud computing. A tecnologia em nuvem vem ganhando cada vez mais espaço no mercado por conta de seus ótimos benefícios e grande praticidade de uso.

Dessa forma, surgem diversas soluções usadas para potencializar os resultados das empresas. Elas podem ser divididas em três principais categorias IaaS, PaaS e SaaS — ou Infraestrutura como Serviço, Plataforma como Serviço e Software como Serviço, respectivamente.

Continue acompanhando e entenda suas funções e como eles se diferenciam uns dos outros!

IaaS

O IaaS funciona como um complemento das demais opções de computação em nuvem que podem ser adotadas pelas empresas. Ele envolve toda a mudança de uma infraestrutura física para os servidores do serviço contratado. A grande vantagem desse serviço é a sua ótima flexibilidade. Isso significa que os usuários vão pagar apenas pelo que consomem, on demand.

Outro ponto de destaque do IaaS é que a sua estrutura é totalmente escalável de acordo com as necessidades da empresa. O IaaS, ao contrário do PaaS e SaaS, é o mais simples dos três. Ele tem um funcionamento bastante similar, independente do fornecedor escolhido.

SaaS

O SaaS talvez seja a categoria de cloud computing mais conhecida pelos usuários comuns. Ainda que não seja muito explícito, existem diversas aplicações que já utilizam esse modelo de computação em nuvem no mercado.

Como a própria sigla já nos mostra, ele funciona como um Software como Serviço. Entre as suas funcionalidades estão o acesso a dados por meio da internet, gerenciamento centralizado, possibilidade de integração e personalização, entre outros.

Um grande exemplo desse tipo de aplicação são as soluções apresentadas pelo G Suite. Elas não exigem nenhum tipo de instalação para funcionarem, em que é necessário apenas uma conexão à internet para se beneficiar de suas funções.

PaaS

A Plataforma como Serviço funciona como um ambiente digital onde os usuários têm a liberdade de desenvolver e implantar um programa. Por meio da conexão à internet, é possível criar, hospedar e gerir um software próprio.

Enquanto o IaaS usa a tecnologia em nuvem para providenciar uma infraestrutura para as empresas utilizarem e o SaaS fornece uma aplicação hospedada por terceiros, o PaaS funciona como um ambiente disponibilizado para o desenvolvimento.

Ele apresenta ótimas vantagens às empresas, como o gerenciamento e acesso a grandes volumes de dados, além da possibilidade de acesso às aplicações hospedadas remotamente. Tudo isso é possível graças a infraestrutura em nuvem, que possibilita o desenvolvimento do time de TI em um ambiente completo e moderno.

Pronto! Entender as principais diferenças entre IaaS, PaaS e SaaS é essencial para você fazer a escolha certa. Assim, você terá uma base para nortear as suas decisões na hora de encontrar a solução perfeita para o seu negócio e alcançar resultados mais expressivos no processo!

O que você achou deste texto? Você já tinha ouvido falar dessas categorias de cloud computing? Aproveite para deixar um comentário sobre o que você achou desse assunto!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This