Ao administrar uma empresa, o gestor precisa tomar uma série de decisões importantes e, algumas vezes, difíceis. Dentre elas, é preciso escolher as soluções certas para otimizar os processos internos e aprimorar o produto oferecido aos clientes.

Para que o seu negócio consiga bons resultados, é necessário contar com um pacote de ferramentas de escritório que seja simples de usar, projetado por uma empresa reconhecida e de confiança. Nesse aspecto, duas opções se destacam: o G Suite, do Google, e o Office 365, da Microsoft.

Para escolher a melhor alternativa para a sua empresa, é preciso considerar algumas questões, como preferência, custo-benefício e familiaridade com as ferramentas. Pensando nisso, neste post, vamos explicar quais são as principais diferenças entre Office 365 x Google Apps, assim como entre as ferramentas oferecidas por cada um deles. Continue a leitura e confira!

Quais são as principais diferenças Office 365 x Google Apps?

Antes de mostrar as diferenças nas funcionalidades de cada ferramenta, vamos apresentar alguns pontos gerais que divergem entre as plataformas e ajudarão na sua escolha. Acompanhe!

Layout

A forma como você utiliza as duas ferramentas é bem parecida, seguindo um padrão para que o usuário não se perca caso queira alternar entre uma e outra. Porém, como a Microsoft lançou primeiro a sua plataforma, o layout é mais familiar e, portanto, fácil de pegar o jeito e saber como usar.

Assim, essa é uma das vantagens do Office 365: ao apresentar um visual mais conhecido, aprender as suas funcionalidades se torna um processo fácil e intuitivo.

Praticidade

Uma grande vantagem para as ferramentas do Google é o compartilhamento de dados em tempo real, possibilitando que várias pessoas trabalhem com um mesmo arquivo. Assim, qualquer dado alterado pode ser compartilhado entre todos os envolvidos no projeto.

Essa é uma funcionalidade muito prática, mas que o Office 365 não oferece. Portanto, é um fator que deve ser levado em consideração.

Necessidade de estar online

Outro ponto que distingue um pacote do outro é a conectividade. Isso porque as ferramentas do Google costumam ser utilizadas por meio de um navegador — ou seja, a internet é necessária em todo o expediente.

Entretanto, as opções da Microsoft podem ser baixadas em qualquer hardware, seja no computador, notebook, tablet ou smartphone. Dessa forma, podem ser utilizadas enquanto o usuário estiver online ou offline.

Custo-benefício

O preço é sempre um fator a se considerar na hora de adotar novas ferramentas para a empresa. Porém, nesse quesito, ambas opções apresentam um ótimo custo-benefício.

Contudo, para usufruir ainda mais desse aspecto positivo, deve-se analisar os planos de cada plataforma, pois as duas apresentam diferentes pacotes. Sendo assim, é preciso ficar atento a qual se encaixaria melhor naquilo que a sua empresa precisa.

Depois de analisar qual plano seria o melhor para o seu usuário, em conjunto com a empresa, é possível comparar os preços e custo-benefício de ambas opções. Porém, de um modo geral, podemos dizer que a redução de gastos é levemente maior ao adotar o G Suite — oferecendo uma leve vantagem ao Google nesse aspecto.

Suporte da empresa

Neste tópico, não apresentaremos uma diferença entre o Office 365 e o G Suite, mas sim entre a Microsoft e o Google, que oferecem formas distintas de atendimento ao cliente.

Em relação ao suporte ao usuário, o Google se encontrará sempre disponível para atender o seu cliente, 24 horas por dia, nos 7 dias da semana.

Já a Microsoft possui um serviço um pouco diferente, apresentando um suporte disponível apenas aos planos mais caros de seu pacote.

Quais são as principais diferenças entre as ferramentas?

Após conhecer genericamente as diferenças entre as empresas e as plataformas, vamos apresentar algumas distinções entre as suas ferramentas e funcionalidades. Dessa forma, você estará mais preparado para fazer a sua escolha.

Gmail x Outlook

Vamos começar pelas ferramentas de e-mail: o Gmail e o Outlook. Cada uma tem as suas próprias particularidades em termos de ambiente de trabalho, porém, sob uma visão geral, pouco muda em relação às funcionalidades que apresentam.

Todavia, sabe-se que o Gmail tem um envio de anexo mais rápido do que o Outlook. Suas possibilidades de customização também são maiores.

Hangouts x Skype

Tanto o Hangouts quanto o Skype são excelentes para a comunicação interna e externa. Contudo, não poderíamos deixar de falar que, antes de decidir pelo G Suite ou Office 365, é preciso levar em consideração qual das plataformas proporciona maior produtividade.

Nessa comparação, o Hangouts é a que está em vantagem, pois suas chamadas por vídeo são mais rápidas. Mesmo assim, o Skype é ligeiramente mais popular.

Google Drive x OneDrive

Armazenar, enviar e receber arquivos na nuvem é a premissa elementar do G Suite e do Office 365. Nessa linha, são as aplicações Google Drive e OneDrive que “se responsabilizam” por essa função.

Ambas são de extrema qualidade, até porque estamos falando das soluções de duas das maiores companhias de tecnologia do planeta. No entanto, o Google Drive é reconhecido pela maioria dos profissionais de TI como a melhor entre as duas.

Google Docs x Word

A briga é grande quando a comparação é entre o Google Docs e o Word. A ferramenta do Google é mais rápida e permite um maior imediatismo no que diz respeito ao compartilhamento de arquivos.

Já a opção da Microsoft é o aplicativo mais utilizado do gênero. Na verdade, é o pioneiro, amplamente conhecido e quase que uma unanimidade quando falamos nos documentos na forma de textos.

Como vimos, há algumas diferenças significativas tanto entre as empresas quanto em relação as funcionalidades das ferramentas. Por isso, é preciso analisar quem vai trabalhar com esses recursos e qual será o objetivo do usuário. Assim, será possível ver quais pontos importam mais antes de decidir sobre qual serviço adotar, levando em conta a versatilidade do Office e a modernidade e praticidade do G Suite.

E então, o que achou deste artigo sobre o Office 365 x Google Apps? Se você gostou, siga-nos nas nossas redes sociais para não perder textos como este! Estamos no FacebookLinkedIn e Twitter!