Não é nenhuma novidade dizer que os setores de marketing e vendas estão sempre em atrito. Contudo, com as mudanças nos últimos anos em tecnologia e novas estratégias, não é mais essa a realidade em muitas empresas: integrar os dois setores tem sido uma solução muito utilizada para buscar a sinergia entre eles.

A falta de comunicação, métricas ou promessas falsas e culpas equivocadas acontecem o tempo todo se as equipes não estiverem em sincronia. Para uma empresa, isso significa perda de dinheiro e dificuldades cada vez maiores em realizar as metas. 

É um desafio, mas se o seu negócio quiser se manter na vanguarda, é extremamente importante que as equipes estejam totalmente integradas. Para lhe ajudar nesse processo, vamos falar agora sobre algumas estratégias para promover essa integração e quais os benefícios que podem ser alcançados. Acompanhe!

Quais estratégias podem ser utilizadas para integrar os dois setores?

Promova uma comunicação constante entre os times

Deixe bem claro quais são os papéis de cada equipe e funcionário. Dessa forma, fica mais fácil atribuir — e cobrar as tarefas. Além disso, realize reuniões e comitês constantemente, para a discussão e ação dos projetos em andamento. 

Crie uma SLA entre marketing e vendas

A SLA — Service Level Agreement ou Acordo de Nível de Serviço, é uma forma de ajudar nessa integração. Para isso, crie uma SLA detalhada, com a definição das metas da empresa e as técnicas e sistemas que serão utilizados para as métricas, que devem ser frequentemente ajustadas e determinadas dentro de períodos especificados.

Alinhe as metas entre os setores

Quando as equipes trabalham juntas, as metas de vendas se tornam a mesma para ambas. Sem esse alinhamento, as duas equipes têm objetivos desarticulados e, assim, o setor de marketing pode ter dificuldades para fornecer os leads que o setor de vendas precisa, simplesmente porque eles não têm as informações certas!

Adote o marketing cloud

O Marketing Cloud é marketing comum combinado com SaaS — Software as a Service. Trata-se de uma plataforma de marketing digital baseada em nuvem, que oferece diferentes tipos de serviços, como:

  • e-mail marketing;
  • gerenciamento de leads;
  • cross-channel;
  • gerenciamento de mídia social.

Tudo isso permite que os profissionais de marketing cumpram um amplo escopo de tarefas dentro de todos os estágios da jornada do cliente. E o melhor: é possível compartilhar os resultados com as equipes, em uma fonte única de informação.

Quais os benefícios dessa integração?

Comunicação eficiente

Ao executar uma campanha integrada, as equipes precisam se unir, compartilhar talentos e manter o controle das comunicações para garantir a consistência. Isso aumenta a moral interna e confere experiência de como múltiplos canais podem se complementar. Além disso, ajuda a gerar uma forte confiança para promover melhor as próximas campanhas.

Economia de tempo e dinheiro

Nessa integração entre os setores, é eliminada a necessidade de duplicação de informação e tarefas. Assim, o processo organizacional economiza tempo e dinheiro. Sem contar que, você não investe em um único meio ou desequilibra sua expectativa de ROI.

Uso adequado do feedback de clientes

Tanto o marketing quanto as vendas reúnem conhecimentos relevantes sobre clientes em potencial ao interagir com eles e observá-los em suas jornadas de compra. Ao compartilhar essas ideias sobre comportamentos, preferências, interesses, dores e até mesmo opiniões, as duas equipes estão preparadas para identificar e engajar os clientes mais promissores.

Na verdade, quanto mais detalhado o registro de leads, mais precisamente a equipe de marketing segmenta e promove as melhores campanhas e, consequentemente, a equipe de vendas pode rotear leads com maior eficiência. Desse modo, menos tempo é perdido ao tentar descobrir quais deles devem ser priorizados.

Lembre-se que inteligência do negócio quando é compartilhada sempre abre caminhos para maiores taxas de conversão. Afinal, os setores de marketing e vendas tem o mesmo objetivo: aumentar o lucro do negócio! 

Quer ler mais conteúdos relacionados ao assunto? Então não deixe de conferir nosso post sobre as ferramentas de trabalho colaborativo para a sua empresa.