Saiba como usar o Google Data Studio para analisar resultados

10 minutos para ler

Analisar os negócios e conseguir extrair valor de informações é um grande desafio. Por isso, é importante contar com ferramentas modernas, como o Google Data Studio, para integrar melhor os departamentos da empresa, alinhá-los com os objetivos e melhorar a visibilidade dos dados para otimizar a tomada de decisão. Isso é também uma forma de investir em inovação para melhorar os resultados.

Ficou curioso e quer saber como usar o Google Data Studio para análise de resultados de sua empresa? Então, leia o artigo que criamos especialmente sobre o assunto!

O que é Google Data Studio?

O time de gestão de uma empresa sabe que uma das melhores formas de medir o sucesso do empreendimento é avaliando dados. A competitividade depende diretamente disso, pois as melhorias dos processos só podem ser feitas com uma análise precisa e com a ajuda de indicadores de qualidade.

Também é imprescindível analisar os dados logo depois que eles são coletados. Afinal, quanto mais tempo passa entre a coleta e o momento em que eles são compreendidos, mais dinheiro a companhia perde e decisões ruins são geradas.

Para suprir essa necessidade, o Google desenvolveu uma ferramenta em nuvem para transformar dados em relatórios fáceis de visualizar, o Google Data Studio (GDT). Ou seja, o foco da aplicação é a análise de informações de diversas fontes e a adaptação para uma forma mais simples de compreender.

Assim, os gestores e analistas podem usar as informações disponíveis para convencer os envolvidos acerca do desempenho da sua empresa e da sua equipe, por exemplo.

Com um processamento eficiente, é possível identificar tendências, padrões e correlações que apoiam a tomada de decisão. Além disso, a identificação de oportunidades de crescimento e a compreensão do mercado como um todo é mais eficiente e gera uma visão mais ampla para os líderes.

O Google Data Studio permite conhecer os pontos fortes e fracos de um negócio para que melhorias necessárias sejam feitas e a evolução seja alcançada.

Quais as vantagens dessa ferramenta?

Uma das vantagens é a já citada possibilidade de transformação de um conjunto bruto de dados em formatos amigáveis e fáceis de compreender. Dessa forma, pessoas que não têm tanto conhecimento técnico podem trabalhar sem problemas.

O GDT também viabiliza a personalização dos gráficos, relatórios e dos métodos de visualização para que as empresas possam adequar as informações ao que melhor funciona para o seu contexto. A customização facilita a adaptação dos dados para cada cliente.

Outra grande vantagem é o fato de que o software atualiza dados em tempo real e fornece relatórios dinâmicos para os gestores. Com essa possibilidade, as companhias podem resolver seus problemas com rapidez e minimizar prejuízos.

Outro benefício é a possibilidade de compartilhamento da visualização e manipulação dos relatórios e gráficos. Isso permite uma integração mais coordenada entre as equipes de diferentes departamentos para trabalhar em um só arquivo e favorece a produtividade e a agilidade na análise.

Também é possível integrar dados de diferentes fontes, seja de ferramentas do Google, como o Analytics e o Google Sheets, seja de plataformas distintas, como o Facebook. Com a união de informações de vários contextos, a gestão é beneficiada com uma análise mais completa.

Como usar o Google Data Studio para medir e analisar resultados?

A utilização dessa ferramenta é importante para monitoramento e análise de processos internos.

Pode ser usada, por exemplo, para supervisionar campanhas de marketing. A partir dos dados de diversas plataformas externas, o software vai gerar insights acerca dos resultados das estratégias, que auxiliam a empresa a enxergar quais abordagens são as melhores.

Com isso, o gestor consegue acompanhar os resultados em busca de pontos fortes e fracos e trabalhar em melhorias para atrair clientes com maior eficácia.

A seguir, veremos algumas dicas de como implementar um dashboard de qualidade.

Defina informações que sejam relevantes

É evidente que a companhia não precisará de todas as informações geradas pelo software. Por isso, o primeiro passo para começar a otimizar o dashboard e simplificar as visualizações é filtrar o que realmente é de valor para o contexto do negócio e para o momento atual da organização.

Essa tarefa viabiliza a limpeza dos dados para conseguir uma visão mais eficiente e mais útil para a gestão.

Crie um plano de mensuração

Para auxiliar no filtro de informações, vale ressaltar a importância de um planejamento das métricas que deverão ser utilizadas para a análise de resultados. Elas precisam ser relevantes e estar alinhadas com os objetivos principais. Para que o processo se torne mais claro e definido, essa dica não deve ser negligenciada.

Coloque relatórios interativos

É fundamental filtrar também os relatórios. Por isso, priorize relatórios interativos e dinâmicos, que reflitam as mudanças nos dados. Assim, é possível maximizar os efeitos da colaboração entre as equipes para realmente ajudar a empresa.

Entenda todas as funcionalidades

Saber configurar o software é essencial. Antes de utilizar, confira tutoriais e dicas para aprender a extrair o melhor dessa ferramenta do Google. O GDT é vantajoso e trabalha totalmente a serviço das análises da empresa, mas, para isso, os usuários precisam saber exatamente como lidar com ele.

Crie gráficos de evolução temporal

Gráficos temporais são úteis, pois permitem que os gestores entendam a evolução dos negócios e das estratégias utilizadas. Ou, caso as escolhas tenham sido ruins, é possível verificar se houve uma estabilização ou diminuição no crescimento.

Isso tudo objetiva trazer soluções para que os líderes tomem decisões visando a otimização dos processos e o retorno do crescimento.

Quais são as melhores formas para utilizar o Google Data Studio?

Agora que você já sabe como funciona o Google Data Studio e como gerar relatórios utilizando a ferramenta, está na hora de conhecer algumas dicas de boas práticas para ela. Veja só!

Integre com as suas fontes de dados

Para que o Google Data Studio cumpra corretamente seu papel de fazer uma boa análise de dados, é preciso integrar a ferramenta com outras fontes de dados como Analytics, Google Ads, Google Sheets, Search Console, YouTube Analytics e centenas de outras opções.

O Google Studio oferece diversas outras opções de integração de dados, inclusive, permite extrair informações de redes sociais como Instagram e Facebook.

Defina os objetivos do relatório

O GDT é uma excelente ferramenta para gerar relatórios, mas antes, é preciso saber quais são os objetivos dos relatórios a serem gerados. Sua empresa precisa de informações sobre retorno em campanhas de links patrocinados ou quantas pessoas visitaram seu site em determinado período?

Cada equipe da empresa tem a necessidade de analisar diferentes métricas. Saber exatamente quem precisa de quais informações vai ajudar a ferramenta a cumprir seu papel no negócio.

Utilize os templates

A ferramenta tem diversos templates disponíveis, o que facilita a vida de quem ainda está começando a utilizar o Google Data. A equipe do Google desenvolveu diversos templates para relatórios e dados mais populares entre os usuários da ferramenta.

No entanto, você pode personalizar os modelos disponíveis para que ele forneça as informações que precisa para seu negócio.

Programa o envio de relatórios

Se você precisa dos relatórios gerados pela ferramenta em determinados períodos, o ideal é programar o envio deles por e-mail. Dessa forma, você não esquece de analisar as informações as quais precisa, no tempo necessário.

Além de ter a opção de enviar os relatórios para o seu e-mail, a ferramenta permite configurar o envio para outros destinatários. O melhor de tudo é que as atualizações das informações são feitas em tempo real. Por isso, não há necessidade de configurar o envio de relatórios sempre que precisar transmitir informações para seu público.

Adicione controle de filtros

Essa é uma opção interessante do Google Data Studio, pois permite que você aplique filtros para determinar em qual dimensão deseja visualizar os dados. Se a ferramenta for integrada ao Google Analytics, por exemplo, você pode adicionar um filtro para visualizar somente informações sobre os horários em que o site recebe mais visitas em determinado mês.

Dessa forma, você vai visualizar as informações de acordo com o mês selecionado, no momento da geração do relatório.

Adicione controle de dados

Se você utiliza o Google Data Studio com outras ferramentas como Analytics e precisa de relatórios diferentes sobre o site ou e-commerce da empresa e sobre o blog — propriedades —, o controle de dados facilita a visualização das informações.

Isso porque você pode escolher se deseja ver os dados apenas do site ou do blog, sem a necessidade de configurar vários relatórios. O melhor de tudo é que você ainda pode ter controle sobre quem pode ter acesso às informações.

Por exemplo: se duas pessoas diferentes administram o site da empresa e o blog, é possível dar permissão para que elas acessem apenas os relatórios sobre a página que é de responsabilidade de cada uma delas.

Qual a importância de contratar uma empresa especializada?

Uma empresa especializada em serviços de TI, com experiência em nuvem, ajudará na adaptação a uma ferramenta como o Google Data Studio. Tudo isso com o foco na integração dessa aplicação ao contexto das companhias para obter o melhor resultado de suas funcionalidades.

Além disso, contar com uma equipe experiente é sempre muito bom, pois eles sabem resolver os principais problemas que envolvem esse tipo de implementação. Dessa forma, a equipe interna da companhia contratante pode focar nas questões estratégicas e não precisa gastar tempo com o operacional. A produtividade é impulsionada e os resultados melhoram com o tempo.

O suporte está sempre presente e pronto para sanar problemas. Ou seja, a responsabilidade do cuidado e manutenção é da empresa parceira, o que implica redução de custos. Ademais, uma equipe que tem experiência com ferramentas Google sabe ainda mais como lidar com o GDT e com as questões específicas desse software.

Com isso, a contratante ganha com um serviço que fornece segurança para os processos e alta disponibilidade do sistema, para que ele seja realmente benéfico para o dia a dia.

O Google Data Studio é uma ferramenta extremamente útil para gerar valor dos dados. O grande benefício é o fato de poder simplificar a visualização e gerar saídas em formatos amigáveis para facilitar a compreensão e análise de resultados. Assim, é possível otimizar a tomada de decisão, tornando-a mais segura e consistente.

Agora que você entendeu melhor como usar o Google Data Studio, acesse o site da Multiedro e conheça nossos serviços. Temos uma equipe altamente qualificada para atender às reais necessidades de sua empresa.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This